10 de abril de 2010

Eu sei te amar.

Pousou-lhe ao meu lado , dando a maior atenção a minha face se mechendo, ele sorria de mim , ou talvez comigo.
Não conseguia dizer absolutamente nada , o vento tentará me ajudar ,  mas não deu .
Só não pelo fato de querer tentar me esconder daquela util situação .
Eu sei te amar-indangei então.
Ele sorriu sutilmente
Ora , eu não sei te amar.
Com medo levantei de preça , logo querendo satisfação.
Tentei me expressar mas seu dedo encostou em minha boca , num ato de sileicio .
Como eu disse , eu não sei te amar , e simplismente TE AMO .
Suas ultimas palavras eram sultis assim como o vento passando e se desejando ao nosso redor.
Eu pensei em ser ele naquele exato acontecimento , pra ver então como me expressava dentre tudo aquilo.
Por fim , amar é um dom , nós só vivemos pela felicidade , pela alegria e pelo fato de querer amar o próximo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A melhor coisa da vida é ouvir uma opinião especial a qual vocês me deixam feliz .
Em cada palavra , gesto , vocês fazem sorrisos , alegrias.
Amo você ! Beijos