1 de julho de 2010

2ºcapitulo - Me lembro de você.


Continuação.

E debrucei meus braços sobre seu cotovelo junto ao meu curvado.
Ele balançou sua cabeça fazendo efeitos magníficos a quem eu não desgrudava os olhos.
-Suas comparações são as mais belas em que já vi em toda minha vida, disse ele desabafando.
No exato momento fizemos uma telepatia.
Seus olhos brilhavam junto aos meus, seus movimentos eram idênticos, ele sorria junto a mim.
-Estamos fazendo uma telepatia?
Eu sorri exclamando:
-Tirou as palavras da minha boca, ou consegues ler minha mente?
Ele gargalhou, alto até demais.
-Por quê?
-Era exatamente o que havia pensado e descrito.
Sorrimos novamente.
Enquanto nossos pensamentos voavam,  ficávamos parados,idênticas a estatuas pardas , centralizadas num lugar sem público.
Então agarrei sua mão lhe servindo um casaco, logo abri a porta.
Olhei sua expressão  
E dei voltas o puxando-o a neve que caia.
Gritávamos, dançando a valsa nupcial, e caindo a neve do pólo.
 Fizemos anjos ao chão, deixando o casaco molhado de neve.
Jogamos bolas brancas uns aos outros queimando nosso amor.
Aquele sim era um dia feliz, eu podia sentir, eu estava presente, eu era a refém da felicidade.
Em todos os tropeços dados ao chão coberto de branco, nossos corações aceleraram, tanto o meu quanto o dele, fazendo a respiração mais funda, por quem não a procurará.
Eu o olhei,ele repetiu a ação, nós sorrimos , parecíamos loucos a pular.
Essa era um dos melhores movimentos em que fazíamos.
Deitamos a neve, olhando diretamente o céu.
E ele me disse:
- Aqui, estás o melhor presente , você.
Suas palavras me reconheciam, ele era mais romântico que se imaginará.
E reagimos a nossa melhor ação,nos olhamos , sorrimos , mas dessa vez , foi pouco diferente,seu polegar tocou meu rosto desenhando um singelo coração , dedicado ao nosso amor.
Era tão delicado, macio e mais que aconchegante.
Era tão real aquela época em que éramos jovens , nos amamos tanto , nos queríamos tanto .
Nós éramos feitos uns aos outros, nada nem ninguém remexeu nossa felicidade.
Nós nos queríamos cada vez mais , nós corpos pediam a presença uns aos outro
Nos dias de hoje as coisas acontecem diferente.
***

Aqui esta o segundo capitulo , faltam 3 novos capitulos , estou anciosa para ver a opinião de vocês ,  O terceiro já está pronto mas só posto daqui 5 dias.



10 comentários:

Lettys M. disse...

Oooi *,*
lindo texto ;D
qee boom que gostou do blog :D,fico muito feliz.obrigado pela ajuda (:
seu blog também é muito fofo ^^
seguindo ♪
beijs :*

Mony disse...

Oi, adorei o texto vc tem muito talento.

E, obrigada pelo selinho.

Jamylle Carvalho disse...

parabéns, vc tem talento²
abraço =*

Vicky D. disse...

OWn que lindo!!! A-D-O-R-E-I!
Gracias pelo selinho! Já postei ^-^
Ah, sobre o lay, acho que irei querer sim, só tenho que pensar em qual dos blogs... ^-^

Bjão e bom FDS

Mony disse...

Oi, flor. Tudo bem? Então quem faz esses lay´s maravilhosos é a Jamylle Carvalho essa moça que comentou aí em cima.
clica aqui: http://www.jamyllecarvalho.com/

Um abraço!

Ariane s.s disse...

Valeu gente por comentar.
Adoro voces , darei uma passadinha no blog de vcs para comentar

Beijão

meus instantes e momentos disse...

que texto bonito. muito bom teu blog.
Maurizio

Maria Carolina disse...

Adorei o texto, poste logo a continuação! :*

Lua disse...

Oie garota!
Muito obrigada por escolher meu blog e se tiver de pé a proposta do lay de graça, eu aceito sim!

bjo .

Vicky D. disse...

Oi flor, vo aceitar sim, te mando um e-mail até quarta-feira tá? (só não mando antes porque tenho que entregar uns textos até terça e não está dando tempo para pensar direito... XD) Obrigada por se lembrar de mim ^-^

Bjão =^.^=

Postar um comentário

A melhor coisa da vida é ouvir uma opinião especial a qual vocês me deixam feliz .
Em cada palavra , gesto , vocês fazem sorrisos , alegrias.
Amo você ! Beijos