22 de dezembro de 2010

Hope me , Please

Rasguei o vestido que você ousou me dar de aniversário. Foi por impulso, Confesso, mas também pelo ódio e pela tristeza que me fez passar em todos aqueles anos em que convivi aos seus surtos psicológico que passei lado a lado, e sofrendo pelos murros e olheiras já roxas da sua empatia habilitada a desconfortos.

Pra você a empatia é solidariedade, ou mesmo você sem entender as palavras usadas, as usa com a subida freqüência inadequada. Você ouve procurando captar o significado e o sentimento. E eu ouço para descobrir o comportamento das suas obras que agora estão fitadas e sobrepostas ao meu corpo. As manchas.
Usamos os dois hemisférios do cérebro para se ter empatia ,mas você usou somente um para que pudesse me ter novamente, por isso agora tende a desistir, porque não me terás . Jamais.
Acabei dizendo isso na máxima certeza de que aconteceria (por algum motivo), pelo menos ao meu ponto de vista.
Desisto de você e de tudo, estou aqui vestindo as botas da estrada e lutando e relutando com minhas lagrimas que caem sobre o meu rosto e escorregando dentre meu olhos inchados e vermelhos.
Hoje percebo que você não presta, definitivamente não deve ter sentido eu estar tocando nesse assunto logo agora, mas me deu vontade, e toda vez que choro me lembro de você.
Após entrar na linha e nos passos, as quais quem me guia são as borboletas, me desmancho em pecados e desilusões, após pensar em nós somente nós.

Eu não desisti, só não voltarei mais a te ver.
Por quê?
-Não há motivos para sofrer novamente.
Não acha?

Pauta para Projeto Créativité

17 comentários:

''Tay' disse...

OMG, adorei o texto *-* ficou um tom de mistério no ar *-* amo textos assim.

bjus =*

Jaqline disse...

nossa!! o mistério ficou muito bom, mas eu sou muito curiosa hahaha fico querendo saber o que aconteceu depois... mas se eu imaginar posso ter o final que eu quiser né?! rs
Boa sorte no Bloínquês :)
beeijos

Arianne Carla disse...

Eu gostei, mas fiquei um tanto com super mega dúvida. rsrs
AAh, é verdade temos o mesmo nome, amei. xD
As Ariannes e os seus contos!

Obrigada pela visita, Arih, quando tiver atualizações por aqui pode ir lá avisar, ok?

Estou te seguindo. ^^

Any disse...

Gostei do texto.Mas também fiquei um tanto com super mega dúvida!-da arianne..
To te seguindo! ^^.
beijos

Pegadas do Coração disse...

Sofrer por um amor não tão sonhado, custa caro,até os sonhos planejados..
Bjos..

Luiz Guilherme disse...

as vezes a raiva de amar custa caro. sonhos rasgados, planos acabados e uma dor do tamanho do mundo no coração.

http://guilg7.blogspot.com/

vlw...

Dennys disse...

Oi Ariane sou o dono do blog Sun and Rain preciso entra em contato com vc [seu blog é muito interessante] to seguindo tbm ^^

Projeto Créativité disse...

*-* Muito bom, abordou o assunto de agressão em casais de uma maneira ótima e consoladora, de que não precisa aguentar pra sempre essa situação...
Parabéns ^^

Dennys disse...

Ariene manda seu msn vlw

Carolina Hermanas disse...

Eu gostei muito do teu texto :)
Escreve muuuuuuuuuito bem *_______*



beeijão :)

Thaíse L. disse...

Sabe, não gosto de desistir de nada do que eu faço, mas quando as coisas não valem a pena, desistir se torna amor próprio.
Adorei, boa sorte lá no concurso.
Beijos, Feliz Natal.

Anônimo disse...

Amiga , entra la´no orkut !

Anônimo disse...

Boa Sorte lá no Creativite

Anônimo disse...

AMORE , entra lá ta ? Beijos

Anônimo disse...

Amanhã me liga tabom ?
Beijos e amei o novo lay

Anônimo disse...

Não esquece de me ligar no natal

Projeto Créativité disse...

Ariane,
Pedimos o seu endereço de e-mail até a meia-noite do dia 30/12 para que possamos enviar uma solicitação de autorização do seu texto vencedor da 2ª Edição C&F, para participar da Coleção Projeto Créativité (dezembro/2010). Deverá mandar o seu e-mail para a nossa página de recados do orkut, ou pelo blog do projeto, junto com o seu nome e sobrenome, e link do teu blog.
Passada a data de entrega do e-mail, não aceitaremos tal solicitação.

Agradecemos.

Postar um comentário

A melhor coisa da vida é ouvir uma opinião especial a qual vocês me deixam feliz .
Em cada palavra , gesto , vocês fazem sorrisos , alegrias.
Amo você ! Beijos